Oito dicas para escolher a franquia ideal para você

/, Franchising/Oito dicas para escolher a franquia ideal para você

Oito dicas para escolher a franquia ideal para você

São infinitas as possibilidades para empreender hoje em dia e a escolha certa para quem quer investir depende, antes de tudo, do perfil do investidor. 

Dos mais ousados aos mais conservadores, todos concordam: o franchising é o modelo mais seguro entre as opções de negócios – mas, ainda assim, depende de você! 

Seguro por quê?

O modelo de franquia permite que o franqueador (dono da marca) ceda ao franqueado (investidor que abre um ponto) o direito de uso daquela empresa ou patente, bem como o direito de distribuição de produtos e serviços. 

Tal sistema de negócios é considerado mais seguro do que o varejo tradicional porque a marca já é consolidada e padronizada. 

Portanto, os possíveis problemas derivados do negócio já foram testados e resolvidos, reduzindo riscos aos que querem investir na marca.

Crescimento mesmo na crise

Mesmo com o cenário econômico brasileiro em crise, o setor de franquias cresceu em 2018, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Além de novas marcas brasileiras que se tornaram redes franqueadoras após um ano de queda em relação a franqueadores, houve:

– Aumento de 7% no faturamento;

– Crescimento de 5% no número de unidades;

– Geração de 8% a mais de empregos em relação a 2017.

As expectativas do mercado de franchising mantêm-se positivas para este ano. Mas todo esse potencial não significa satisfação garantida, lucro ou reconhecimento ao investidor.

Isso porque escolher a franquia ideal demanda alinhamento, pesquisa e empenho. 

Alinhamento porque você precisa saber quais são suas habilidades, expectativas, metas e limites em relação ao negócio. 

Não querer trabalhar aos fins de semana, por exemplo, já reduz as opções de negócios ideais para seu perfil. Shopping, nem pensar. 

Ter habilidade e afinidade com um determinado nicho ajuda (e muito) no sucesso do investimento nesse mercado. Afinal, toda atividade realizada com prazer tem mais chance de ser assertiva e próspera.

A pesquisa também é importante para avaliar as possibilidades de negócio: tamanho de investimento, área, concorrência etc.

O empenho é fundamental em todas as etapas do processo: desde a análise pessoal à execução do trabalho em si. 

É importante ter em mente que apesar do modelo de negócio já ser testado e padronizado, a fórmula do sucesso não muda: depende muito do arregaçar de mangas do empreendedor.

A seguir, reunimos oito dicas para que você escolha a franquia ideal. Confira:

 

  • Seja honesto consigo

 

Para investir em uma franquia, analise antes de tudo se você está disposto a seguir normas, regras e padrões estipulados pelo franqueador. 

Em uma conversa franca com você mesmo, faça uma avaliação sobre o que você gosta de fazer, onde quer chegar, quanta vontade, energia e disposição você tem para se dedicar ao novo negócio.

 

  • Tipos de público

 

É preciso gostar de gente e saber lidar com todos os tipos de pessoas para atender ao público final. Também requer uma dose extra de sabedoria, afinal, somos todos complexos e diferentes – e nem todo mundo está de bom humor todos os dias, não é mesmo?

Já no B2B, ou seja, de empresa para empresa, as relações costumam ser mais amenas. Mas também tendem a ser menos dinâmicas. 

 

  • Pesquise incansavelmente o mercado

 

Sabendo quais são suas expectativas, habilidades e com qual tipo de público você tem mais facilidade de atendimento, é hora de pesquisar o mercado. 

Aqui, a dica é: olhe sob todos os pontos de vista. 

– Quais são os negócios já existentes na região que você pretende atuar? 

– Há quanto tempo esses estabelecimentos estão operando?

– Qual o poder de compra do público que circula nessa região?

– Como consumidor, do que você sente falta na área?

 

  • Pesquise incansavelmente as franqueadoras

 

Já selecionou algumas franqueadoras com maior potencial para o seu investimento? 

Agora levante todas as informações possíveis para depois compará-las e escolher qual se encaixa melhor no seu perfil. Vale pedir à rede e também visitar franqueadores para pesquisar in loco.

– Qual é o tamanho da rede? Quanto mais unidades, mais expertise. 

– Quantos franqueados fecharam as portas e por quê? 

– Qual é a taxa de franquia e como é calculada?

– Há taxa de marketing?

– Qual é o orçamento para a divulgação da marca?

– Quais são e como são geridos os canais de contato da rede?

 

  • Possibilidades de investimento

 

Encare a sua possibilidade de investimento como um fator determinante na escolha: começar um negócio endividado é começar com uma pressão ainda maior.

É bastante comum que não haja nenhuma retirada nos primeiros meses. Para isso, é importante que você conte com uma reserva de recursos – conte com isso ao calcular sua possibilidade de investimento.

Especialistas recomendam que o empreendedor invista de 50 a 60% de seu patrimônio em um negócio, sendo o resto suficiente para as contas usuais dos primeiros meses e para emergências.

 

  • Faça um plano de negócio

 

Desenvolva um Plano de Negócio e estude a viabilidade do investimento com base nas possibilidades de retorno.

Depois, compare os indicadores de viabilidade de seu plano com os dados que a rede franqueadora apresentar.

 

  • Circular de Oferta de Franquia (COF)

 

A rede franqueadora deve apresentar a COF ao final do processo de seleção. É neste documento que constam informações oficiais quanto ao investimento e taxas, uso de marca, mix de produtos ou serviços etc. 

O mais importante: a COF estabelece as responsabilidades do franqueador e da franqueada. É o “guia” entre empresa e investidor. 

Leia a COF com atenção e, se possível, consulte um advogado especializado em franchising para auxiliá-lo na compreensão do documento.

  1. Contrato

Ao receber o contrato, compare-o à COF. Confira se há divergência ou não entre os documentos antes de concretizar o negócio. 

O sucesso começa na escolha da franquia e se concretiza na dedicação do dia a dia. 

Por que investir na Super Visão?

 Marca líder e pioneira no segmento de vistorias automotivas no mercado nacional, a empresa foi planejada para suprir, principalmente, duas necessidades de mercado no momento da compra e venda de veículos: trazer transparência nas negociações e minimizar furtos e roubos de veículos.

 Atualmente, conta com mais de 140 unidades espalhadas pelo Brasil. E realiza mais de 1 Milhão de laudos por ano através de metodologia própria.

 Por isso, é referência e proporciona a seus clientes e parceiros o máximo em segurança na hora de comercializar seu veículo.

 A marca já consolidada também é uma característica importante do franqueador, pois facilita a identificação do negócio no mercado. Todas as unidades Super Visão possuem Certificado de qualidade ISO 9001 e seguro de responsabilidade civil.

 Veja abaixo o vídeo com depoimento de um de nossos franqueados e 

 Clique aqui e confira todos os benefícios de ser um franqueado da Super Visão. 

Por |2019-07-22T08:26:02-03:0022 de julho de 2019|0 Comentários

Sobre o Autor:

Avatar

Deixar Um Comentário

20 + 10 =